23 de jul de 2008

Fez Declarações Incrivelmente Acuradas.

Deus usou o profeta Isaías para profetizar sobre Jesus a aproximadamente 800 anos antes de Cristo, fez declarações incrivelmente acuradas sobre os fatos da crucificação e o propósito da cruz. Confira no relato abaixo...

Isaías-53
1- QUEM deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor?
Ele começa perguntando quem acredita?. Braço do Senhor se refere ao poder de Deus.
2- Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.
Isaías profetiza como ficaria Jesus crucificado.
3- Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Assim aconteceu com Jesus na sua caminhada. Ele sentiu desprezo, rejeição, dor, trabalhou muito, muitos viravam o rosto pra Ele, muitos o tratavam com descaso, Ele permitiu passar por isso para sentir o que nós sentíamos.
4- Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Quem crer que Jesus levou nossas enfermidades e nossas dores na cruz do calvário é imediatamente curado de qualquer mal do corpo e da alma. Porque Ele venceu todo mal naquele dia.
5-Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Nós transgredimos e Ele pagou o preço, nós cometemos maldades e Ele foi moído, Ele foi castigado para que tivéssemos paz e pelo sofrimento dEle fomos sarados. Ele pagou o preço da nossa rebeldia e impiedade.
6- Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.
Andava-mos sem direção e sem rumo, fisicamente e espiritualmente, cada um ia por uma direção diferente foi então que por amor a nós Deus fez cair sobre Ele toda nossa maldade para que achássemos o caminho que leva ao Pai e o caminho é Jesus.
7- Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.
Sofreu calado, não resistiu ao ser levado ao matadouro, não abriu a boca pra cumprir sua missão de nos libertar, curar e salvar. Não abriu a boca é uma afirmação da submissão do servo.
8- Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.
Jesus nunca fez injustiça mas sofreu grande injustiça, foi cortado da terra e vive eternamente assim foi feito por causa da transgressão do povo de Deus.
9- E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca.
Foi sepultado na tumba de José de Arimatéia que hoje está vazia.
10- Todavia, ao Senhor agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.
Jesus foi dado por Deus como oferta para expiação pelos pecados da humanidade. Prolongará os seus dias refere-se a ressurreição de Cristo, posteridade refere-se aos seus redimidos. Expiação quer dizer: s. f., acto para aplacar a divindade; castigo ou sofrimento de pena, imposto ao delinqüente, como uma compensação do delito praticado; penitência; reparação; (no pl. ) preces para aplacar a divindade.
11- Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si.
As pessoas que aceitam Jesus são frutos do trabalho da alma dEle que o deixa satisfeito como servo que veio servir e justificar a muitos; levando sobre Ele a perversidade de muitos. É por isso que hoje conhecemos pessoas que eram más e após conhecer e aceitar Jesus se tornaram boas.
12- Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.
Jesus é a saída para vencer-mos os traumas da tristeza e do sofrimento na vida; Graças a Deus.
Pergunta: A profecia se cumpriu e quem acredita nela?
Conclusão: Quem crê é alcançado pelo poder de Deus.

Um comentário:

  1. Claudio Cesar Fernandes Pereira31 de março de 2010 15:15

    Magnífico,pois foi de grande valia para mim,me ajudou a preparar a minha primeira pregação,sou membro da 1ª Igreja Batista em São João da Barra.RJ,obrigado irmão e QUE O SENHOR JESUS TE ABENÇOE RICAMENTE,TU E TODA A SUA CASA.
    Claudio Cesar Fernandes Pereira
    Rua Quintino Bocaiúva.nº.323.Centro-São João da Barra.RJ-Cep.28.200-000.

    ResponderExcluir

Grato pelo seu comentário.